I was on that balcony again…

Imaginem uma viagem pelos Estados Unidos e Canadá a expensas da poesia sonora…

Impensável hoje. Concretizado nos anos oitenta – em 1982, mais precisamente.

Tiago Schwäbl e Nuno Miguel Neves à conversa com Clive Fencott acerca da sua tour de 82 com Bob Cobbing.

No HIPOGLOTE, já em podcast:

(manu)(voce)(post)scriptum

Als das Kind, Kind war…

Homero senta-se, cansado, após ter subido uns poucos degraus. Os anjos passam por ele, ignorando-o. Colocam-se estrategicamente nas mesas ocupadas. Abraçam ao de leve os leitores. Outros encostam-se à balaustrada inclinando o pescoço. Algo se prepara. Candeeiros de latão repetem uma luz amarela. A imagem ampla sobe até aos altos tetos da estrutura. Ouve-se um murmúrio crescente. Começa a cena da Biblioteca.

Estudiosos de várias nacionalidades concentram-se, em silêncio, absorvidos pela leitura. Mas nós e os anjos ouvimos o marulhar incessante. Uma mescla de vozes – as vozes interiores dos leitores em silêncio na biblioteca de Berlin – expõe de forma invertida o silêncio da leitura que é hoje apanágio de qualquer biblioteca. Nem sempre foi assim: na Alta Idade Média blocos murmurantes envolviam os letrados, desfiando longos textos de memória. Hoje, fragmentos manuscritos asseguram essa construção histórica – só os anjos sabem efetivamente o que se passava nas salas dos escribas.

bibliothek 3

PLAY: Jürgen Knieper. 1987. Die Kathedrale der Bücher. Banda sonora para o filme Der Himmel Über Berlin / Wings of Desire de Wim Wenders:

Continue reading

Parlatório

Parlatório é o nome do novo disco de Américo Rodrigues, um dos nomes mais originais e singulares da Poesia Sonora contemporânea e um dos solitários representantes do género em Portugal.

Sobre  a obra, que irá ser lançado brevemente pela Bosq-íman:os, diz o autor

“Há um ano entrevistei demoradamente 7 presos para que me contassem a sua história de vida.A ideia inicial era escrever um livro com narrações daquelas mulheres e homens que estavam a cumprir pena numa prisão do interior de Portugal. Registei em vários cadernos o que de mais importante me disseram (depoimentos de grande autenticidade), sublinhando frases e ligando palavras com setas e outras anotações. O que escrevi foi aquilo que considerei ser o essencial do que ouvi. Histórias de roubos,tráficos, burlas, assaltos, dependências, traições, violências, mortes. Vidas.
A partir desse material de base concebi uma peça de poesia sonora que cruza a minha vocalidade (gritos, sussurros, choros, línguas inexistentes, ruídos bucais, cantos de inspiração étnica, estalidos com a língua, terrorismo fonético, etc.) com a leitura dos apontamentos da conversa com aqueles reclusos (leitura branca, interpretação teatral, enganos, hesitações, alteração de velocidade, silêncios, amálgamas, etc.)
O César Prata gravou tudo. O José Neves vai tratar da “dramaturgia do som” com a ajuda do sound designer Nuno Veiga e o Tiago Rodrigues vai encarregar-se do desenho gráfico.”

Continue reading

– de zero a –

Óbidos, 21 de Outubro, sábado, 18h30: Nádia Yracema e Tiago Schwäbl apresentaram de zero a.
A performance realizou-se no âmbito da exposição ET SIC IN INFINITUM, a convite dos curadores – Diogo Marques e Carolina Martins.
A exposição continua até dia 29 de Outubro  na Residência Criativa José Joaquim dos Santos, Rua do Castelo, 6, em Óbidos. Mais info aqui.
DSC_0123
Descrição minuto a minuto de zero a:

Continue reading

Conferência de Felipe Cussen

88_matlit_cartaz_felipe-cussen_06out2017_webNo próximo dia 6 de outubro de 2017, pelas 14h30, no Anfiteatro V (6º piso, FLUC) Felipe Cussen (Universidad de Santiago de Chile) fará uma palestra intitulada «Cajas», na qual abordará uma série de obras contemporâneas que correspondem a caixas vazias, particularmente de Ben Vautier e Derek Beaulieu, que colocam em questão a relação entre o vazio, o mistério e o dinheiro. A conferência será seguida por uma performance de poesia sonora. Ambas as iniciativas são uma organização do Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura.

 

 

 

Felipe Cussen é Doutorado em Humanidades pela Universitat Pompeu Fabra e investigador do Instituto de Estudios Avanzados de la Universidad de Santiago de Chile. As suas investigações situam-se na área da literatura comparada, especialmente da literatura experimental, das relacões entre poesia e música, e o misticismo. Colabora com o músico Richi Tunacola no duo Cussen & Luna, faz parte do Foro de Escritores y Collective Task, e fez parte da Orquesta de Poetas. Nos últimos anos publicou o álbum “quick faith” (records without records, 2015), e os livros Explicit Content (Gauss PDF, 2015), Closed Caption (Gauss PDF, 2016), Regional Restrictions (Gauss PDF, 2017), e o projeto Correcciones (Information as Material, 2016), que podem ser descarregados gratuitamente.

Radio Conference 2018, Prato, Italy

pratoradioconferenceVai realizar-se, de 10 a 13 de Julho de 2018, a 9.º Conferência de Rádio: Forum Transnacional, na cidade de Prato, Itália. O evento é uma organização conjunta da Escola de Media, Cinema e Jornalismo, da Universidade de Monash, e da Rede MeCCSA de Estudos de Rádio

Segundo a organização

this year’s conference takes inspiration from its location in Italy and the ‘Free Radio’ movement’s push for greater access to media.  In the 1970s, the Libertà d’antenna (Antenna Freedom) advocated strongly for media access by both civil society bodies and commercial interests, forcing an end to the state’s broadcasting monopoly. At the height of the movement, in mid-1978, more than 2000 independent radio stations were on air, making Italy the world leader in stations per capita. The movement not only freed up the Italian broadcasting landscape so new voices from across the political spectrum could be heard, but some stations also actively sought to break radio free from its established aesthetic through experiments in production technology, style and form.

Continue reading

Stine Janvin nos Efémeros

Quanstine-c2a9-camille-blake-6do a voz se torna sample acontecem coisas estranhas.
Após sofrer toda a filtragem que distancia os lábios de uma coluna, a dimensão espacial da voz altera-se de forma irreversível.
Stine Janvin Motland explora a faixa mais aguda do espectro vocal e exaure-a numa construção que, de tão plástica, excede o cristal; nem o podia ser: trata-se de Fake Synthetic Music.
Este é o título do projeto da norueguesa residente em Berlin que será apresentado no Claustro da Catedral de Viseu no próximo sábado dia 15 de Julho de 2017, pelas 23h, no âmbito do Festival Jardins Efémeros.

Som Sou Voz Vez

Realizou-se este Domingo, 21 de Maio, a performance Som Sou Voz Vez, de Américo Rodrigues. O evento, integrado no programa do Saca Orelhas, teve lugar no Salão Brazil.

O Saca Orelhas: Poesia , Música e Tascas, decorreu de 12 a 21 de Maio, na Baixa de Coimbra, e constituiu-se como um conjunto de eventos, promovidos pela Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC), pelo colectivo Fractura Exposta, e pelo Serviço Educativo do JACC, que levaram a poesia e a performance a diferentes locais da cidade.

A performance de Américo Rodrigues, da qual partilhamos um breve vídeo, foi fortemente centrada em textos do seu último álbum, Porta-Voz, de 2014. Enfrento, Obrigadinho!, Partida de Borges para Uqbar, Porquê o quê, ou Ó, tema recorrente durante toda a performance, foram a matéria plástica a partir da qual o poeta sonoro da Guarda construiu, mais uma vez, um trabalho vocal de uma intensidade inusitada.

Continue reading

Materialidades da Literatura: Summer School 5

81_matlit_cartaz_summerschool5_11-14jul2017_webA Quinta Summer School em Materialidades da Literatura tem por título «Processing: Oficina Introdutória» e consiste numa iniciação à linguagem de programação Processing.

O curso visa introduzir a linguagem e ambiente de programação Processing, uma plataforma destinada a simplificar a escrita de programas de contexto maioritariamente visual e com larga aplicação nas artes visuais, new media e design. Neste curso serão apresentados os conceitos fundamentais da programação, assim como as funcionalidades mais relevantes da linguagem Processing. O curso tem a duração de 20 horas, sendo composto por cinco módulos iniciais de natureza teórico-prática e três módulos práticos, nos quais os participantes terão a possibilidade de desenvolver programas de tema livre. A formação será assegurada por docentes do Departamento de Engenharia Informática (DEI) com experiência no ensino de disciplinas de programação e design. Para a frequência do curso não se requer qualquer conhecimento prévio de linguagens de programação. No final do curso é emitido um certificado de frequência. PDF com o Programa do Curso.

As inscrições realizam-se até 16 de junho de 2017, através de uma mensagem de correio eletrónico para Tiago Santos, tiago.santos@uc.pt (indicar no campo do assunto: “Inscrição Processing”). O curso tem o custo de 60€ (geral) ou 40€ (estudantes do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura). O pagamento é feito por transferência bancária para o NIB: PT50 001000001573769010639 ou por cheque à ordem da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra até 16 de junho de 2017. O cheque deve ser remetido para o Gabinete de Gestão e Contabilidade, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 3004-530, Coimbra. Para emissão do recibo deve ser indicado nome, morada e n.º de contribuinte do participante ou da entidade que paga a participação. Número máximo de inscrições: 20. Número mínimo de inscrições: 8. Na eventualidade de este Curso não se realizar, será devolvido o montante pago pela inscrição. Todos os inscritos serão notificados até 23 de junho de 2017.

Materialidades da Literatura: Summer School 4

80_matlit_cartaz_summerschool4_3-7jul2017_web1The Fourth Summer School in Materialities of Literature is titled “MATLIT-RIT Summer School” and aims to provide an introduction to research topics of the PhD Programme.

The “MATLIT-RIT Summer School” results from a partnership between the PhD Programme in Materialities of Literature of the School of Arts and Humanities at the University of Coimbra and the Department of English at the Rochester Institute of Technology. This Summer School will take place in July 2017 (3, 5, 6 and 7), at the School of Arts and Humanities at the University of Coimbra. The Summer School is coordinated by Sandy Baldwin (RIT) and Manuel Portela (UC). It will be taught by four PhD students from the Programme in Materialities of Literature. The School is primarily addressed to students of the graduations in Media Arts and Technology, and in Digital Humanities and Social Sciences from the Rochester Institute of Technology. Registration is also open to Coimbra University students. The course is structured in 8 modules, covering different perspectives on the intersections between literature and digital mediation. It is taught in English. Course syllabus PDF.

Deadline for registration: June 16, 2017. Please register by sending an e-mail to Ana Marques da Silva, ana.marques.silva@gmail.com (mention in the subject field: “Registration MATLIT-RIT Summer School”). The fee for the course is 60€ (general) or 40€ (students). Please pay by bank transfer NIB: PT50 001000001573769010639 or by cheque made out to Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra until June 16, 2017. The cheque should be sent to Gabinete de Gestão e Contabilidade, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 3004-530, Coimbra. If you require a receipt, please mention your tax id number (NIF). Maximum number of admissions: 20. Minimum number of admissions: 8. All participants will be notified by June 23, 2017.