Som Sou Voz Vez

Realizou-se este Domingo, 21 de Maio, a performance Som Sou Voz Vez, de Américo Rodrigues. O evento, integrado no programa do Saca Orelhas, teve lugar no Salão Brazil.

O Saca Orelhas: Poesia , Música e Tascas, decorreu de 12 a 21 de Maio, na Baixa de Coimbra, e constituiu-se como um conjunto de eventos, promovidos pela Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC), pelo colectivo Fractura Exposta, e pelo Serviço Educativo do JACC, que levaram a poesia e a performance a diferentes locais da cidade.

A performance de Américo Rodrigues, da qual partilhamos um breve vídeo, foi fortemente centrada em textos do seu último álbum, Porta-Voz, de 2014. Enfrento, Obrigadinho!, Partida de Borges para Uqbar, Porquê o quê, ou Ó, tema recorrente durante toda a performance, foram a matéria plástica a partir da qual o poeta sonoro da Guarda construiu, mais uma vez, um trabalho vocal de uma intensidade inusitada.

Continue reading

Materialidades da Literatura: Summer School 5

81_matlit_cartaz_summerschool5_11-14jul2017_webA Quinta Summer School em Materialidades da Literatura tem por título «Processing: Oficina Introdutória» e consiste numa iniciação à linguagem de programação Processing.

O curso visa introduzir a linguagem e ambiente de programação Processing, uma plataforma destinada a simplificar a escrita de programas de contexto maioritariamente visual e com larga aplicação nas artes visuais, new media e design. Neste curso serão apresentados os conceitos fundamentais da programação, assim como as funcionalidades mais relevantes da linguagem Processing. O curso tem a duração de 20 horas, sendo composto por cinco módulos iniciais de natureza teórico-prática e três módulos práticos, nos quais os participantes terão a possibilidade de desenvolver programas de tema livre. A formação será assegurada por docentes do Departamento de Engenharia Informática (DEI) com experiência no ensino de disciplinas de programação e design. Para a frequência do curso não se requer qualquer conhecimento prévio de linguagens de programação. No final do curso é emitido um certificado de frequência. PDF com o Programa do Curso.

As inscrições realizam-se até 16 de junho de 2017, através de uma mensagem de correio eletrónico para Tiago Santos, tiago.santos@uc.pt (indicar no campo do assunto: “Inscrição Processing”). O curso tem o custo de 60€ (geral) ou 40€ (estudantes do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura). O pagamento é feito por transferência bancária para o NIB: PT50 001000001573769010639 ou por cheque à ordem da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra até 16 de junho de 2017. O cheque deve ser remetido para o Gabinete de Gestão e Contabilidade, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 3004-530, Coimbra. Para emissão do recibo deve ser indicado nome, morada e n.º de contribuinte do participante ou da entidade que paga a participação. Número máximo de inscrições: 20. Número mínimo de inscrições: 8. Na eventualidade de este Curso não se realizar, será devolvido o montante pago pela inscrição. Todos os inscritos serão notificados até 23 de junho de 2017.

Materialidades da Literatura: Summer School 4

80_matlit_cartaz_summerschool4_3-7jul2017_web1The Fourth Summer School in Materialities of Literature is titled “MATLIT-RIT Summer School” and aims to provide an introduction to research topics of the PhD Programme.

The “MATLIT-RIT Summer School” results from a partnership between the PhD Programme in Materialities of Literature of the School of Arts and Humanities at the University of Coimbra and the Department of English at the Rochester Institute of Technology. This Summer School will take place in July 2017 (3, 5, 6 and 7), at the School of Arts and Humanities at the University of Coimbra. The Summer School is coordinated by Sandy Baldwin (RIT) and Manuel Portela (UC). It will be taught by four PhD students from the Programme in Materialities of Literature. The School is primarily addressed to students of the graduations in Media Arts and Technology, and in Digital Humanities and Social Sciences from the Rochester Institute of Technology. Registration is also open to Coimbra University students. The course is structured in 8 modules, covering different perspectives on the intersections between literature and digital mediation. It is taught in English. Course syllabus PDF.

Deadline for registration: June 16, 2017. Please register by sending an e-mail to Ana Marques da Silva, ana.marques.silva@gmail.com (mention in the subject field: “Registration MATLIT-RIT Summer School”). The fee for the course is 60€ (general) or 40€ (students). Please pay by bank transfer NIB: PT50 001000001573769010639 or by cheque made out to Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra until June 16, 2017. The cheque should be sent to Gabinete de Gestão e Contabilidade, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 3004-530, Coimbra. If you require a receipt, please mention your tax id number (NIF). Maximum number of admissions: 20. Minimum number of admissions: 8. All participants will be notified by June 23, 2017.

Discos Orfeu – Imagens, Palavras, Sons (1956-1983)

jos_cid_10_anos_entre_v_nus_e_marte.inMatosinhos recebe, entre 4 de Maio e 12 de Junho, uma exposição inédita dedicada à editora Orfeu, responsável pelo lançamento de discos de músicos como Adriano Correia de Oliveira, José Cid ou Sérgio Godinho.

A exposição, com curadoria de José Bártolo em articulação com Arnaldo Trindade e Noly Trindade e colaboração técnica de João Carlos Callixto, Carlos Paes, João Pedro Rocha e Heitor Vasconcelos, estrutura-se em cinco núcleos principais: No início era o verbo (1956-1959), Trovas do Vento que passa (1960-1967), Vozes da Revolução (1968-1975), Entre Vénus e Marte (1976-1979) e O fim da aventura (1980-1983).

Refere Arnaldo Trindade, o fundador da casa discográfica, em entrevista ao Diário de Notícias:

É a primeira vez que se faz uma exposição destas e que representa 60 anos de trabalho (…), representa uma época bastante importante na nossa vida, porque foi de facto uma época das trevas, do regime anterior e que conseguiu, através da vontade e do entusiasmo de um grupo de jovens da altura, fazer uma obra que ainda hoje perdura, como é a de José Afonso, a do Adriano Correia de Oliveira, do Fausto, do Sérgio Godinho, de José Cid, do António Mafra e dos poetas a gravarem as sua obras”, disse Arnaldo Trindade.

Continue reading

RAPublicar: A micro história que fez história numa Lisboa adiada – 1986-1996

RAPublicar de Soraia SimoesIrá ser lançado, no próximo mês de Abril RAPublicar: A micro história que fez história numa Lisboa adiada – 1986-1996, da autoria de Soraia Simões, investigadora associada ao Instituto de História Contemporânea da FCSH e fundadora do Mural Sonoro.

A obra é um dos resultados do projecto RAPortugal 1986-1996, projecto que incide sobre a prática do rap e o impacto da cultura hip-hop no período descrito na sociedade portuguesa e que é constituído por 3 eixos: desde logo a publicação deste livro mas, também, 3 workshops em escolas da periferia de Lisboa, e uma compilação com 10 MC/Rappers contemporâneos que será apresentada em 3 concertos.

RAPublicar…, que parte de recolhas realizadas entre 2012 e 2016, contará com testemunhos de General D, Makkas (Black Company), Francisco Rebelo (Cool Hipnoise, baixista Black Company, Mind da Gap, Boss AC, Ithaka), Marta Dias Continue reading

VARIAÇÕES SOBRE ANTÓNIO: Um colóquio em torno de António Variações

VARIAÇÕES SOBRE ANTÓNIO: Um colóquio em torno de António Variações, vai realizar-se na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, nos dias 7 e 8 de Dezembro de 2017.

A Call for papers & performances, bem como toda a informação necessária, pode ser encontrada em antoniovariacoes.wordpress.com.

O Colóquio:

O colóquio propõe-se estudar, quer a obra do compositor e cantor, quer aquilo que nela é sintoma de fenómenos mais vastos – um deles, e dos mais importantes, a forma como a cultura portuguesa posterior à Revolução de 1974 tenta sintonizar-se / dessintonizar-se com o mundo exterior e, em particular, com a cultura e civilização saída dos anos 60, sobretudo aquela latamente designável como pop. O colóquio é uma proposta do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, e da área de Estudos Artísticos, ambos da FLUC, e conta, neste momento, com o apoio do Centro de Literatura Portuguesa, do Teatro Académico de Gil Vicente, do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, da Rádio Universidade de Coimbra, e do Jazz ao Centro Clube.

Continue reading

Conversas do Éter na Universidade de Aveiro

Ocorreu no passado dia 4 de Março de 2017 a terceira edição de Conversas do Éter, encontro de radioamadores e investigadores que visa a partilha e complementaridade entre conhecimento teórico e experiência no terreno.

Conversas do Éter 1
O Congresso foi organizado por Jorge Ruivo e Nicolas Neto, coordenadores do Núcleo de Radioamadores da Associação de Electrónica, Telecomunicações e Telemática da Universidade de Aveiro (NRAETTUA) e contou com Nuno Carvalho, Douglas Maggs e Luis Cupido como principais oradores.

«Um congresso dirigido a todos os amantes de rádio comunicações, que pretende pôr frente a frente investigadores científicos/académicos e radioamadores.
Esperam-se discussões de elevado interesse às ciências radioelétricas. »

Som & flama

Na cave do Departamento de Física da UC estão guardados alguns instrumentos de medição (acústica, optométrica, gasométrica, eletromagnética…) encomendados pela Universidade – a sua maioria nos séculos XVIII e XIX – a partir de catálogos distribuídos na época pelas universidades europeias – como os de Max Kohl, por exemplo –  com fins demonstrativos nas aulas da Academia e que, com a queda de paradigmas, foram ampliando a coleção do Museu da Ciência.

O espólio inclui um fonautógrafo do construtor prussiano Rudolf Koenig (1832-1901), à semelhança dos primeiros aparelhos de registo sonoro do francês Édouard-Léon Scott de Martinville (1817-1879), adquirido pela Universidade a pedido de António dos Santos Viegas (1837-1914), à data Diretor do Gabinete de Física (1880-1911), e constituiu o pretexto para a visita do Vox Media ao piso -1 da Rua Larga; GILBERTO PEREIRA, conservador e restaurador do Museu, abriu-nos as portas e guiou-nos pela casamata de vitrines de precisão acústica.

Continue reading

Radiesthetics Workshop: Formar na Digitópia

http://dewidevree.org/

Vai realizar-se na Casa da Música (Porto), no próximo dia 21 de Janeiro, um workshop com Dewi de Vree e Patrizia Ruthensteiner.

O curso, realizado em parceria com a Sonoscopia Associação Cultural, tem como objectivo

explorar o mundo invisível à nossa volta com receptores de antena portáteis, a conceber no curso, capazes de detectar campos electromagnéticos e lhes atribuir sons electrónicos. Arte do som, escultura e electrónica combinam-se num processo de construção realizado em grupos de dois participantes. Cada dupla escolhe o design e materiais que desejar, o que conduzirá à criação de esculturas‑antenas únicas em busca de sons escondidos.

O curso, que terá um custo de inscrição de 15€, realizar-se-á entre as 11.00 e as 18.00.