Make it Heard

Foi lançado no final do ano passado o selo fonográfico digital Berro, uma iniciativa do Núcleo de Pesquisas em Sonologia (NuSom) do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, coordenado pelo professor Fernando Iazzetta, com o objectivo de disponibilizar

Unheard noises, unlikely soundscapes, unknown musics, historical sounds. Berro is a Brazilian netlabel focused on music and sound you may not hear elsewhere.

Continue reading

Jaap Blonk: workshop + performance

© Poster by Rui Silva.

On May 20, 2019, the PhD Programme in Materialities of Literature will host the sound poet Jaap Blonk. Blonk will give a workshop about his creative practices at the School of Arts and Humanities, University of Coimbra, Sala Ferreira Lima, 4 pm (16h00).

Continue reading

Alea Jaapta Est

Jaap Blonk, um dos mais icónicos representantes da poesia sonora contemporânea, vai estar em Portugal, no mês de maio, para um conjunto de actividades, numa organização conjunta do Programa de doutoramento em Materialidades da Literatura – Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra; do Centro de Literatura Portuguesa da UC; do Serviço Educativo JACC; do Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida, de Évora; do Teatro do CalaFrio, na Guarda; e do Hipoglote – RUC. Continue reading

Susan Hiller: a passagem de uma testemunha

Susan Hiller passou, a 28 de Janeiro de 2019, para o lado das suas obras, o lugar de receção e emissão de outras vozes.

Continue reading

Frederico Fernandes & Polipoesia na FLUC

No mês de dezembro, estará na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, o Professor Frederico Fernandes (Universidade Estadual de Londrina), para um conjunto diversificado de atividades.

Dia 5 de dezembro, haverá lugar para o curso breve “Entendendo Polipoesia” que se realizará entre as 14h30 e as 18h00.

No dia 6, tempo para o lançamento de Polypoetry 30 years 1987-2017, obra que celebra os 30 anos de publicação do Manifesto da Polipoesia assinado por Enzo Minarelli. O livro, editado pelo poeta italiano Enzo Minarelli e pelo Professor Frederico Fernandes, na imprensa da Universidade Estadual de Londrina, Eduel Internacional, pretende desenhar mapas sobre manifestações de polipoesia na Europa e nas Américas. Reúne estudiosos e artistas ( Rod Summers, Lis Costa, Jean-Pierre Bobillot, ou Luis Alvarado, entre outros) que dedicaram o seu trabalho para entender as expressões de vanguarda em linguagens impressas, sonoras e visuais, bem como para demonstrar como o experimentalismo afeta o mundo numa perspectiva política e estética.

Continue reading

Dias VisoVox – conferências, oficinas, encontros

Está patente na Fundação Eugénio de Almeida, em Évora, até ao próximo dia 30 de setembro, a exposição VisoVox: Poesia Visual e Sonora, com curadoria de Américo Rodrigues, José Alberto Ferreira, e Manuel Portela.

 

Dia 27 e 28 de setembro haverá espaço para um conjunto de actividades paralelas, realizadas em colaboração com o Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e com o Departamento de Línguas e Literaturas da Universidade de Évora.

 

O programa é o seguinte: Continue reading

VisoVox: Poesia visual e sonora

De 14 de julho a 30 de setembro de 2018,  na Fundação Eugénio de Almeida, Évora.

A partir de um conjunto de obras de poesia visual e sonora em múltiplos meios – analógicos e digitais –, esta exposição interroga as relações entre som, voz, linguagem, escrita e imagem. Através de uma seleção de trabalhos produzidas nos últimos 50 anos, percorrendo a obra de artistas de referência nacional e internacional, a exposição VisoVox interroga a tensão entre som e escrita como constituintes de espaços poéticos de perceção aural, verbal e visual.

A curadoria está a cargo de Manuel Portela, Américo Rodrigues e José Alberto Ferreira.

 

Pessoa lê o Algoritmo

No próximo dia 13 de junho de 2018, pelas 16h00, no Anfiteatro V (FLUC, 6º piso), Nuno Meireles apresenta «Pessoa lê o Algoritmo: Performance de leitura por Pessoa ele-mesmo de 130 fragmentos do Arquivo LdoD selecionados maquinicamente». Esta leitura assinala os 130 anos de Fernando Pessoa (nascido a 13 de junho de 1888) e os 180 dias do Arquivo LdoD: Arquivo Digital Colaborativo do Livro do Desassossego (publicado a 14 de dezembro de 2017). A organização está a cargo do Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura e do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra.

Nuno Meireles é licenciado em Estudos Teatrais pela ESMAE-IP, docente no Curso de Teatro da ESAP e no Curso de Animação e Produção Artística da ESE-IPB. Estreou-se como ator na Expo 98 com o Teatro de Marionetas do Porto. Desde então, colaborou como ator com A Escola da Noite, Seiva Trupe e Teatro Maizum, entre outros. Estudou Biomecânica Teatral de Meyerhold com Gennadi Bogdanov e dirige o Teatro do Filósofo com o Parvo atado ao pé, de exploração de textos de Gil Vicente. Tem desenvolvido atividades de poesia dita, em especial de Fernando Pessoa, de quem encenou e recitou múltiplos textos, de “Tabacaria” à “Mensagem”. Destaca-se “125 poemas nos 125 anos de Fernando Pessoa”, maratona poética nas livrarias da cidade do Porto. Atualmente é estudante do Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura da FLUC, procurando investigar a intermedialidade em Gil Vicente.

Já só o vento canta

JÁ SÓ O VENTO CANTA, título provisório,  é o mais recente desafio lançado pelo poeta sonoro Américo Rodrigues. Pensado para a 5ª edição do Sons da Cidade, convoca à participação de pessoas de várias idades, nacionalidades ou formações, para a criação de um “coro heterodoxo” que parte da Língua Portuguesa enquanto património imaterial e usa a voz e o movimento dos corpos pelo espaço da Alta de Coimbra para interpretar de forma singular a poética da cidade.

A preparação do espectáculo inclui oficinas de formação e ensaios, que decorrerão entre Abril e Junho, preferencialmente ao fim de semana ou em horário pós-laboral.

As inscrições e/ou pedidos de informação deverão ser enviados para o email sonsdacidade.unesco@gmail.com e continuam abertas até ao próximo domingo, dia 25 de março, data do primeiro ensaio, a partir das 10h30 no Salão Brazil.

Esta é já a 5.ª edição do Sons da Cidade, um evento anual que pretende celebrar a inscrição da “Universidade de Coimbra, Alta e Sofia” na Lista do Património Mundial da UNESCO. A edição deste ano decorrerá entre 22 e 24 de Junho e contará com diversas actividades.